Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Onda Jovem - Jornal Escolar

Há vários anos que o Onda Jovem publica alguns dos acontecimentos mais relevantes que se passam na escola, sobretudo acontecimentos e momentos felizes. Afinal, pensar, escrever, ler e ver estimulam as nossas aprendizagens e conhecimentos.

Onda Jovem - Jornal Escolar

Há vários anos que o Onda Jovem publica alguns dos acontecimentos mais relevantes que se passam na escola, sobretudo acontecimentos e momentos felizes. Afinal, pensar, escrever, ler e ver estimulam as nossas aprendizagens e conhecimentos.

06
Mai21

Recolha de lixo na escola

Clube de Jornalismo da EBAAL

IMG_20210506_092814.jpg

Hoje, dia 06 de maio, no horário das 9h15 às 10h05, as turmas 5.º D e 5.º E recolheram lixo pelo recinto escolar, enchendo vários sacos.
Esta iniciativa foi feita para consciencializar os alunos da escola para um problema que todos temos de ajudar a resolver, mantendo o espaço limpo. Para isso, é importante reduzir a quantidade de embalagens que usamos e colocar sempre o lixo num dos muitos caixotes que podemos encontrar na escola. Esta atividade foi realizada no âmbito do projeto EcoEscolas.
Durante a recolha, uma equipa do Onda Jovem teve a oportunidade de ouvir alguns alunos comentar que são sobretudo os mais velhos que deitam lixo para o chão, pelo que é importante repetir estas iniciativas de modo que todos cresçam com uma boa consciência ambiental.

Henrique N., Matheus R., Eva B. com contributos vários

IMG_20210506_093001.jpg

IMG_20210506_093021.jpg

IMG_20210506_103104.jpg

 

 

23
Abr21

Flores com poesia

Clube de Jornalismo da EBAAL

20210413_144707.jpg

No terceiro período, a escola encheu-se de cor e poesia: algumas turmas do 2.º ciclo criaram flores com materiais reutilizados e escreveram poemas cheios de esperança e de vida e colocaram-nos no gradeamento da escola. 

  Entretanto,  devido às condições atmosféricas, estes foram daí retirados e colocados em vários pontos da escola, dando mais alegria aos pavilhões.
 
 Rodrigo C. e Afonso P.
 
 
 

20210413_144236.jpg

 

19
Abr21

A minha árvore

Clube de Jornalismo da EBAAL

No plano do E@D, as turmas do 8º ano realizaram trabalhos na disciplina de Educação Visal, no âmbito da comemoração do dia mundial da árvore e da floresta. O resultado foram imagens cheias de cor e imaginação.

IMG_20210419.jpg

 

 

19
Abr21

Animação na António Augusto Louro

Clube de Jornalismo da EBAAL
Esta semana, o Clube de Jornalismo andou pela escola e foi ao encontro do animador sociocultural, que foi colocado, este período, na nossa escola. Chama-se Carlos António e podemos encontrá-lo pela sala do aluno ou junto do campo de jogos. Veio para ajudar os alunos a ocuparem, de forma interessante, o seu tempo livre enquanto cá estão, propondo-lhes atividades desportivas ou culturais. 
Para além de ter sempre algo interessante a dizer, tem consigo material de desporto e instrumentos musicais, que empresta a qualquer um que queira mostrar as suas habilidades ou simplesmente divertir-se de forma ativa e saudável. 
Este período, também foi colocada na escola uma educadora social, Soraia Salazar.
 Os participantes do Clube de Jornalismo vão estar atentos e esperam poder contar muito mais novidades sobre este e muitos outros assuntos.

IMG_20210415_104448.jpg

 

 Leiam-nos e aproveitem o que a escola tem para oferecer!
14
Jan21

Eu no clube

Clube de Jornalismo da EBAAL

aabb.jpgEu entrei no clube de jornalismo para tentar ajudar quem se sente inseguro ou tem outros problemas pessoais, dando-lhe os meus conselhos e opiniões. 
Mais tarde, pretendo ser biólogo porque sempre tive um grande fascínio por quem trabalha nessa área, mas... gosto de ouvir e aconselhar as pessoas relativamente aos seus problemas emocionais, quer estejam tristes, zangadas ou confusas. Caso não dê para ser biólogo, gostava de ser terapeuta ou psicólogo. Daria conselhos para as pessoas melhorarem a sua saúde mental e física, nomeadamente para melhorarem a autoestima e para resolverem problemas com a escola. Eu gostaria de me focar em assuntos como estes, porque, simplesmente, não quero que esses problemas piorem e cheguem a um ponto em que não haja salvação.
Se estás a passar por algum problema deste tipo, fala com um médico ou terapeuta/psicólogo antes que se torne pior.

Samir A.

16
Dez20

A Árvore dos Desejos

Clube de Jornalismo da EBAAL

À entrada da biblioteca da nossa escola, está uma árvore especial: "A Árvore dos Desejos".
Esta ideia surgiu da colaboração entre os vários elementos da equipa da biblioteca. Queriam fazer uma árvore diferente. Então, uma professora sugeriu pintar uma árvore, outra sugeriu que fosse uma árvore dos desejos... Por isso, depois de pintada pela professora Emila Sá Pereira, de EV, decidiram propor aos alunos escrever um desejo em post-it e colarem-no na árvore.
Os alunos aderiram bem à ideia e têm-na enchido de desejos.
Agora, a árvore está à porta da biblioteca e, se querem saber, está a realizar desejos!...

Afonso P.

árvore.jpg

 

03
Dez20

Conselho Eco-Escolas com muitas novidades

Clube de Jornalismo da EBAAL

Realizou-se no dia 26/11, on line, a primeira reunião, neste ano letivo, do Conselho Eco-Escolas da Escola Dr. António Augusto Louro, o qual conta com alunos e professores do 2.º e 3.º ciclos, um elemento da Direção, um representante dos assistentes operacionais, um representante dos EE, um representante da autarquia, um representante da AME Seixal (Agência Municipal para a Energia) e um representante da Associação Zero.
Nesta reunião, as coordenadoras relembraram, e deram a conhecer aos novos elementos do referido Conselho, os objetivos e temas do Eco-Escolas, Programa de Educação para o Desenvolvimento Sustentável a nível internacional, que "pretende encorajar, reconhecer e premiar o trabalho desenvolvido pela escola na melhoria do seu desempenho ambiental e sensibilização/educação para a necessidade de adoção de comportamentos mais sustentáveis."
À semelhança do que aconteceu no ano passado, vai fazer-se um inquérito aos alunos para determinar a situação atual na escola e definir o plano de ação, com base nos resultados da auditoria ambiental, o qual será monitorizado e avaliado.
Este plano contemplará os temas do Programa Eco-Escolas, sendo os temas base a água, os resíduos e a energia; o tema do ano, espaços exteriores; e os temas complementares, as alterações climáticas e o mar.
Neste momento, a escola já está inscrita no programa Ecovalor, que " tem como objetivo promover boas práticas ambientais," premiando as escolas "que apresentam melhor desempenho na reciclagem das suas embalagens usadas"; no projeto Geração Depositrão, relacionado com a recolha de lâmpadas e pilhas; na campanha de recolha de tampinhas; nas Brigadas de Monitorização da água e da energia; no projeto "O mar começa aqui", que pretende consciencializar a comunidade educativa de que “tudo o que cai no chão, vai parar ao mar”; e na atividade "As Árvores da Minha Escola".
No ano letivo passado, a Brigada da Floresta fez o levantamento das espécies existentes na escola, pelo que irá receber quatro placas identificativas de quatro espécies arbóreas. Foram também adquiridos bancos de jardim feitos com plástico reciclado e parcialmente pagos com as tampinhas recolhidas, numa iniciativa da UPAAL.
A escola vai ainda inscrever-se nas seguintes atividades: “Os Suspeitos do Costume”, que consiste na monitorização do lixo produzido na escola; “Geração Verdão”, relacionada com a reciclagem de resíduos de embalagens; “Onde está o EcoLápis”, relacionada com sustentabilidade; “Desafio UHU”, relacionado com a biodiversidade; e o “Poster EcoCódigo”, que consiste na criação, pelos alunos, de uma declaração de objetivos, a traduzir em ações concretas por parte de toda a comunidade educativa.
Para além das várias atividades em que a escola está envolvida no âmbito deste programa, haverá ainda lugar à comemoração de dias especiais, prevendo-se também convites a diversas entidades locais, a encarregados de educação e outros elementos da comunidade educativa.
Foi com muito interesse que os alunos seguiram a apresentação das várias atividades previstas, mas foi, sem dúvida, o anúncio, por parte do representante da AME Seixal, do lançamento, no dia 5 de dezembro, do desafio "Bio Escape Room" que mais intervenções desencadeou, tanto pela riqueza da proposta como pelos prémios a atribuir.
Fica atento/a, descarrega a aplicação no teu telemóvel e participa! Ser um(a) eco-estudante proativo(a) só traz vantagens.

fff.jpg

 

27
Nov20

Direitos da criança em exposição

Clube de Jornalismo da EBAAL

IMG_20201126_103139.jpg

Na disciplina de EMRC, os alunos do 6.º ano e alguns do 7.º fizeram trabalhos sobre a Convenção dos Direitos da Criança, que se comemorou a 20 de novembro.
Estes trabalhos estão expostos na galeria de exposições Pedro de Sousa até dia 3 de dezembro.

IMG_20201126_103158.jpg

 

19
Nov20

Escola nova, vida nova!

Clube de Jornalismo da EBAAL

Vim, este ano, para esta escola e estou no 6ºD.

A nossa receção foi com a DT e foi um momento muito agradável. No dia seguinte, depois do primeiro tempo, passei logo o intervalo com as minhas colegas (a Lara Sargento, a Bruna, a Beatriz Sofia, a Beatriz Pereira, a Marta, a Clara e a Ana Rita). A simpatia dos colegas e dos adultos (as auxiliares, as senhoras do refeitório, os professores, etc) ajudou-me a sentir-me à vontade.

No final de cada dia, mas nesse em especial, levei comigo felicidade, carinho, amizade e outros sentimentos maravilhosos. Até comecei a achar que o meu coração ia rebentar de tanta alegria!

Numa sexta-feira, eu e alguns dos meus colegas da turma fizemos um McDonald’s: encomendámos hambúrgueres, nugets, etc, sentámo-nos todos juntos no jardim do amor e fizemos um almoço partilhado. Mas com todos os cuidados!... Foi o melhor dia da minha vida!

Acho que esta escola é melhor do que a anterior em muitas coisas, mas uma muito importante é que, quando algum aluno age mal, os adultos intervêm logo.

E até agora tem corrido tudo muito bem!

Núria A.

12
Nov20

Uma língua, dois (?) sotaques

Clube de Jornalismo da EBAAL

Todos sabemos que em Portugal e no Brasil se fala a mesma língua, o português… No entanto, alguns portugueses dizem que no Brasil se fala “brasileiro”, mas nós falamos português, o português do Brasil.

É muito engraçado como na mesma língua há tanta diferença. Pois é, há muitas diferenças, tanto na escrita como na pronúncia. Quando cheguei cá, em dezembro de 2018, eu não entendia nada do que falavam. Na primeira semana, decidi ligar a televisão e, como era esperado, não entendi “nadinha”, mas, aos poucos, fui-me acostumando com o sotaque daqui, e a escola foi uma grande ajuda: não só para aprender a ouvir, como para fazer amigos, e amigos que estão presentes até hoje na minha vida.

Henrique N.

IMG_20201112_162638.jpg